Publicações

Literatura que vale a pena conhecer por sua empresa

Abaixo, você encontrará uma seleção de nossas publicações e estudos sobre o tema Global Mindset.

Mello, R. (2017): The properties of the Global Mindset in the context of the new Supply Chain Agenda.

 

Die Eigenschaften des Global Mindsets im Kontext der New Supply Chain Agenda. [Em Alemão]

As cadeias de suprimentos globais evoluíram da pura eficiência da produção para um sistema de valor agregado. Esse processo de transformação necessário é ilustrado na literatura pelos cinco pilares da Nova Agenda da Cadeia de Suprimentos (NSCA). As três dimensões da mentalidade global – capital intelectual, capital social e capital psicológico – são analisadas e integradas ao contexto da economia mundial. Este artigo é uma breve visão geral dos desafios futuros no gerenciamento da cadeia de suprimentos e uma intensa discussão sobre competência intercultural no Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos. Esse conjunto de competências necessárias, que um executivo de orientação internacional deve ter para liderar funcionários, equipes ou organizações inteiras no sentido de alcançar a meta, é então colocado nos pilares da agenda da Nova Cadeia de Suprimentos. O importante elo entre os dois modelos e as possibilidades associadas para atender aos requisitos de diversidade global são ilustrados por estudos de caso recentes.

Hruby, J., Watkins-Mathys, L., Hanke, T. (2016): Antecedents and Outcomes of a Global Mindset: A Thematic Analysis of Research from 1994 to 2013 and Future Research Agenda

Dentro da literatura da mentalidade global, tem havido muita discussão sobre antecedentes. Poucas tentativas foram feitas, no entanto, para analisar os resultados de uma mentalidade global. Nosso capítulo realiza uma análise temática dos antecedentes e resultados da mentalidade global na literatura 1994-2013. Adotando uma abordagem indutiva e métodos de empréstimo de estudos internacionais de negócios e cognição gerencial, mapeamos, avaliamos e categorizamos tematicamente 42 estudos empíricos e dez teóricos. Nós nos concentramos nos antecedentes e nos resultados nos níveis individual, de grupo e organizacional. Conceituamos a mentalidade corporativa global como uma construção multidimensional que incorpora a mentalidade global no nível individual e depende de uma estratégia robusta de infraestrutura de comunicação para seu cultivo em toda a organização. Nosso estudo categoriza antecedentes e resultados por nível e identifica as lacunas nos resultados globais da mentalidade e no desempenho firme para os futuros pesquisadores abordarem.

Hanke, T., Hruby, J. (2015): Global denken und Handeln

[Pensar e agir globalmente] [Em alemão]

Muitas empresas já estão alinhadas internacionalmente. No entanto, no futuro, gerentes e empresas terão que agir globalmente ainda mais. Uma mentalidade global precisa estar na cabeça dos funcionários e incorporada nas organizações.

Karlshaus, A., Mello, R. (2015): Die Brücke ins Ausland schlagen

[Construindo pontes no exterior] [Em alemão]

Apenas um em cada cinco expatriados é mulher. Como parte de um estudo da Escola de Negócios de Colônia, as mulheres expatriadas foram questionadas e avaliadas por que ousam dar um passo no exterior apenas raramente e como o RH pode incentivar a diversidade de gênero nas tarefas.

Hruby, J., Hanke, T. (2015): Global Mindset als Teil der Unternehmensidentität

[Global Mindset como component da identidade organizacional] [Em alemão]

Embora a internacionalização seja avançada em muitas empresas, no futuro, gerentes e funcionários terão que agir ainda mais globalmente. O dilema entre padronização global e adaptação local afeta não apenas os produtos e estratégias, mas também o departamento de RH global.

Hanke, T., Hruby, J. (2015): Erfolg auf internationaler Ebene

[Sucesso a nível internacional] [Em Alemão]

A internacionalização já se tornou um imperativo para muitas empresas. Um dos fatores estratégicos de sucesso é a implementação de estratégias apropriadas que levam em conta o conflito entre padronização global e adaptação local. Daí emergiu o conceito de “Global Mindset” como um meio de sustentar a vantagem competitiva. No entanto, o que está por trás desse conceito é explicado, da mesma forma, como reconhecer se uma mentalidade global está presente.

Hruby, J., Hanke, T. (2014): Mindsets für das Management

[Mindsets para Gestão] [Em alemão]

Todo mundo tem limites em sua capacidade de absorver informações. Como a Gerência seleciona as pessoas certas com as habilidades certas, que estão no momento certo no lugar certo, para atender às demandas estabelecidas pela crescente concorrência no mercado? No mundo dinâmico dos negócios de hoje, os funcionários de uma organização devem trabalhar com uma variedade de complexidade, ambiguidade e diversidade. Para poder fazer isso, precisamos entender o DNA do pensamento cognitivo, a chamada mentalidade. No entanto, o que é uma mentalidade e como podemos aumentá-la e medi-la?

Hruby, J. (2014): Global Mindsets [Em alemão]

O desenvolvimento de uma mentalidade global é um fator crítico de sucesso de uma empresa no contexto competitivo internacional. Uma mentalidade global é definida como a habilidade cognitiva de entender e conectar diferentes culturas. O papel dos gerentes é solucionar a complexidade, a diversidade, a incerteza e a ambiguidade, facilitar o trabalho em equipe entre pessoas de diferentes países e culturas, coordenar funcionários e processos em diferentes locais, bem como organizar operações através das fronteiras nacionais, organizacionais e funcionais. Estudos comprovam que uma mentalidade global influencia positivamente o sucesso de uma empresa. Recomenda-se a possibilidade de medir ou diagnosticar a mentalidade global de uma empresa para concluir esse processo.

Hruby, J. (2013): Das Global Mindset von Managern

[O Mindset Global de Gestores] [Em alemão]

Este livro mostra o status da pesquisa sobre o Global Mindset e abre oportunidades para discussão no mundo de língua alemã. A correlação entre Global Mindset e Global Leadership é examinada aqui em particular. As medidas de desenvolvimento de pessoas usadas pelos gerentes para desenvolver uma mentalidade global são avaliadas e as medidas de desenvolvimento organizacional para o cultivo de uma Mentalidade Global nas empresas são examinadas. Da mesma forma, também são discutidas as habilidades individuais de liderança que precisam estar presentes nos gerentes para desenvolver uma mentalidade global. O livro examina as perspectivas de gerenciamento intercultural e internacional em profundidade e contribui para o desenvolvimento do pessoal de gerenciamento.

Outras publicações

 

Hruby, J. Watkins, L. and Foster, J. (2018) Cultivating a Corporate Global Mindset and Organisational Identity and Sensemaking: management consultants’ experiences”, in: International Journal of Global Management Studies, Volume 7, Issue 1.

 

Hruby, J. (2018) Global Mindset aus der Sicht der Personalentwicklung, in: Zeitschrift Wirtschaft und Weiterbildung, Februar 2018 

 

Hruby, J. und Zacriti, H. (2018) Global Mindset: Quo Vadis?, in: PersonalIntern, Ausgabe 9 und 10, März 2018

 

Hruby, J. and Guerrero, R. (2018) Cultivating a Corporate Global Mindset: An exploratory attempt to connect Global Mindset with Organizational Identity, in: Academy of International Business, UK-Ireland

Precisa de mais detalhes? Entre em contato conosco

Estamos aqui para ajudar. Entre em contato por telefone, email ou através de nossos canais de mídia social.

Gmindset

Global Mindset &
Global Leadership

Join our Newsletter

NEWSLETTER